Fim de um tempo

Boa tarde, gente! Aqui em Niterói tem sido dias frios e aí? ☃🌨

Hoje vou fazer uma exposição a respeito de mudança, transição.

A transição exige que você vá para um novo lugar, que deixe ideias ou pessoas… é o fim de um tempo.

Ouvi uma frase muito forte há alguns dias: “uma promoção afeta relacionamentos“. Uauuuu! De repente você pode estar pensando: Eli, o que isso quer dizer? Entendi que para viver determinadas coisas será preciso deixar quem você era para desfrutar de um novo: um novo você, um novo lugar, novas ideias. De forma nenhuma estou dizendo para esquecer aqueles que fizeram parte da jornada, que contribuíram para o seu crescimento, jamais faria isso. Certamente foram pessoas e lugares que o próprio Deus nos proporcionou que somaram muito e serão inesquecíveis.

Mas é o chamado “abrir mão”… muitas vezes as pessoas não vão entender o seu momento de transição, não porque não te amem ou não querem o seu bem, mas porque é o fim de um tempo para você e não para elas. Por isso você irá sozinho, elas não irão com você.

O fim de um tempo em nossa vida representa morte, mas também vida. É a morte de um ciclo e é vida para o que está por vir. Representa maturidade, porque você passa a se ver como alguém mais independente e não mais quem era quando começou todo esse processo.

É um momento de dor para alguns, de alívio para outros, mas sempre de um misto de emoções. São muitas mudanças, muitas decisões. A tendência que temos é nos esconder, fugir, evitar ao máximo que esse momento chegue… leva tempo para que a certeza se concretize, porém quando a paz chega é o suficiente. 

Nossa vida é marcada por processos e por transições: nascer, crescer e morrer. A partir do momento em que nós temos o entendimento de quem somos, de tempos em tempos somos empurrados para ciclos de transição. Eles são importantes para que consigamos chegar nos lugares determinados para cada um de nós. Para toda a vida há um propósito e por mais que você ainda não veja nada acontecendo, algo está acontecendo, tenha certeza!

Não fuja das transições! Seja corajoso, vá em frente, acredite em você! Viva o processo, faça as escolhas certas e entre para o novo.

Particularmente não sou uma pessoa que gosta de borboletas 🙈, mas não posso dizer que o processo de desenvolvimento delas não me chama a atenção. Ela chega como uma lagarta feinha e que talvez até fira alguns, vai construindo seu casulo e quando está pronto, ela entra e fica lá sendo gerada, transformada… é o fim de um tempo para aquela que chegou insegura, com feridas na alma eu poderia dizer, rss… afinal, era vista como uma lagarta difícil de lidar, não sei… só estou conjecturando. De repente ela está num lugar onde será gerada para o seu destino, aquilo para o qual foi criada por Deus para ser desde o início, mas penso que de repente ela não se dê conta disso enquanto está em seu esconderijo.

Até que chega o momento da transição, é o tempo de ser promovida! A já não mais lagarta e agora uma senhora borboleta está pronta para viver o novo, mas para isso será preciso um esforço, precisará ser corajosa e usar toda a sua força para sair do lugar onde ela foi forjada e isso dói, mas suas asas precisam ser fortalecidas, então, sem a ajuda de ninguém, a borboleta rompe as paredes do casulo e sai, pronta para voar e viver um novo ciclo.

É lindo, não é? Porém, como disse no início, é um processo doloroso e que precisa de coragem para deixar o lugar que já estava acostumada, a ideia de que era uma lagarta e pessoas, ou nesse caso, outras lagartas, rssss.

Se você está vivendo o fim de um tempo, seja em que área for e está confuso, com medo ou sem saber como agir diante de tudo isso, pare um momento. Respire fundo, coloque seus pensamentos em ordem. Peça a Deus que o ajude a compreender o caminho a ser percorrido, desprenda-se do que precisa ser deixado nesse fechamento de ciclo. Pode ser dolorido, mas é necessário. Lembre-se do processo da borboleta: as dores são necessárias para o crescimento. Rasgue o casulo e voeeee!

Tenho certeza que depois que você passar pelo fim desse tempo e transicionar entenderá como foi precioso ter passado por onde passou e verá que foi necessário ter sido gerado nesse lugar para ser o que você precisa ser em outro lugar.

 

Pessoal, se você se identificou com esse texto ou conhece alguém que está passando por esse momento, compartilhe. Vamos ajudar uns aos outros!

Te encorajo a compartilhar com outras pessoas as suas experiências. Seja num blog, em qualquer rede social ou pessoalmente. Às vezes com uma conversa ou num texto tão simples, podemos ajudar alguém! 😉😘

❤❤❤

One Reply to “Fim de um tempo”

  1. 0

    Achei esse post maravilhoso. Por muitas vezes não consigo concatenar as ideias até que as coloco no “papel”.Continue, e tenho certeza que Deus continuará te inspirando.🤓

    0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.